A percepção de risco pode ser afetada por vieses?

Já sabemos que os vieses comportamentais podem afetar nossas decisões financeiras, mas e quanto a nossa percepção de risco?

Em seu artigo, intitulado Risk Profiling Through A Behavioral Finance Lens, Michael Pompian (CFA), aponta certas falhas no processo padrão para avaliar o perfil de risco do investidor e defende a necessidade de analisar a tolerância a risco sob o prisma das Finanças Comportamentais.

Fizemos um breve resumo do artigo para quem tiver interesse em saber um pouco mais sobre o assunto.

Continue lendo…

Pesquisa da FINRA Revela Vieses do Investidor?

A Pesquisa do Investidor de 2015 — um componente do Estudo Nacional de Capacidade Financeira, realizado pela Fundação FINRA em 2015 — fornece uma rica gama de informações adicionais sobre tópicos relacionados a investimento, que podem ser de interesse para pesquisadores, educadores, reguladores e outros profissionais relacionados de alguma forma ao setor financeiro.

As conclusões mostram que os investidores estão relativamente menos confiantes na capacidade dos reguladores para garantir a equidade nas negociações.  Ainda assim, parecem bastante otimistas em relação ao desempenho geral do mercado e ainda mais otimistas com o desempenho de sua própria carteira – visão que pode estar sujeita a alguns vieses já comentados aqui, como o Viés do Otimismo e a Falácia do Planejamento.

Continue lendo…