Quais fatores mais influenciam o comportamento de investimento?

A aplicação das ciências comportamentais no campo da economia tem buscado entender os vieses comportamentais que influenciam a tomada de decisões financeiras. Eles podem ser oriundos de heurísticas, limitações cognitivas ou estratégias de processamento e são considerados por estudiosos como desvios da norma, que agem como filtro de escolha e ajudam a guiar o comportamento financeiro.

Em uma pesquisa publicada em 2011, Kourtidis, Šević e Chatzoglou, a partir de uma revisão da literatura em finanças comportamentais, defenderam a hipótese da existência de quatro principais fatores a influenciar o comportamento dos investidores: confiança excessiva, influência social, automonitoramento[1] e tolerância ao risco. Esse modelo foi então a base para a realização de uma pesquisa com investidores na Grécia, na busca por entender como as características psicológicas pessoais poderiam levar a comportamentos diferentes de investimento.

Continue lendo…