Tag Archives: Finanças Comportamentais

Escolher o Momento Certo é Essencial no Nudge: Entrevista com a Drª Cäzilia Loibl

A Doutora Cäzilia Loibl é professora associada do Departamento de Ciências Humanas na Ohio State University e planejadora financeira certificada (CFP®). Ela já publicou trabalhos sobre Políticas Públicas, Economia Comportamental e Preferência do Consumidor e o foco de sua pesquisa é examinar as decisões financeiras ao longo da vida adulta.
Sua palestra na 4ª Conferência de Ciências Comportamentais e Educação do Investidor¹ foi intitulada Estimulando Famílias de Baixa Renda a Pouparem Regularmente, na qual explicou o que são “nudges”, descreveu seus principais tipos e discutiu alguns achados de suas pesquisas a respeito desse tipo de intervenção comportamental.
Apresentamos a entrevista exclusiva da Drª Loibl ao CVM Comportamental, assim como o link para sua palestra.

Continue lendo

CVM Comportamental – Vieses do Consumidor: Vieses de Atribuição

Os vieses de atribuição (attribution bias, em inglês) são um conjunto de vieses que explicam erros sistemáticos – que cometemos ao procurar explicações causais para os acontecimentos, seja em relação ao nosso comportamento ou ao alheio.

Na psicologia social, pesquisadores explicam os vieses da atribuição a partir de duas abordagens:

  • Cognitiva: alega que o julgamento que fazemos é distorcido em relação à realidade porque interpretamos as situações do nosso ponto de vista, limitados às informações disponíveis e baseados tanto no estado em que nos encontramos (físico, psicológico, etc.) quanto em nossas experiências passadas;
  • Motivacional: defende que os vieses da atribuição não são falhas no modo de processar as informações, mas que nossa tendência a fazer julgamentos apressados (ou insuficientemente fundamentados) por atribuição ocorre quando somos motivados ou pressionados a decidir.

Continue lendo

Qual o Futuro do Dinheiro? Entrevista com Bill Maurer

Qual o futuro do dinheiro? Será que a moeda física será substituída por meios de pagamento digitais? Para responder a essas e outras perguntas, convidamos o Dr. Bill Maurer para uma entrevista.

O Dr. Maurer é um antropólogo cultural que realiza pesquisas com foco nas infraestruturas tecnológicas e nas relações sociais de troca e de pagamento. Além disso, se interessa por formas emergentes, alternativas e experimentais de moeda, tecnologias de pagamento e suas implicações jurídicas.

Continue lendo

Como Ajudar os Pobres a Pouparem um Pouco?

Pesquisadores da Universidade de Duke e do Banco Mundial realizaram um experimento no Quênia¹, entre 2013 e 2014, com o intuito de compreender que tipos de intervenções são mais eficazes, e menos dispendiosas, para ajudar a aumentar a taxa de poupança dos países mais pobres.

Eles testaram dois tipos de intervenções psicológicas, avaliando sua eficácia e comparando-as com incentivos financeiros, e concluíram que as intervenções foram não só mais eficazes como mais baratas do que os incentivos. Além disso, constataram que o envio regular de lembretes para poupar, assim como dos saldos em conta, aumentou a média de poupança em 100%.

Continue lendo

4ª Conferência de Ciências Comportamentais e Educação do Investidor

Além dos habituais temas relacionados à educação do investidor e aos estudos comportamentais, os eventos da semana de 5 a 9 de dezembro deste ano tratarão também de novas tecnologias financeiras – conhecidas como Fintech – e incluem a comemoração dos 40 anos da Lei nº 6385/76, que criou a CVM.

Os eventos deste ano contam com a participação de renomados pesquisadores nacionais e internacionais, representantes de órgãos reguladores e autorreguladores, empresas e profissionais do mercado com atuação educacional relevante

Os encontros proporcionarão uma abordagem multidisciplinar, abrangendo campos da Psicologia, Economia, Antropologia e Educação, entre outros, assim como o debate sobre estratégias e políticas públicas inovadoras na área da educação financeira.

A programação deste ano está mais intensa, ocupando uma semana inteira, e compreenderá os seguintes eventos:

  • 2ª – Fintech Day
  • 3ª – Seminário de Pesquisas em Educação Financeira e Comportamento
  • 4ª (manhã) – 40º Aniversário da Comissão de Valores Mobiliários
  • 4ª (tarde) e 5ª – Conferência de Ciências Comportamentais e Educação do Investidor
  • 6ª – Seminário Regional sobre Novas Tendências em Educação Financeira

O programa completo, com os temas dos painéis e seus componentes, está disponível no site http://www.iecbrazil.com.br/, por meio do qual deve ser feita a inscrição do participante, indispensável para a entrada no evento.

Entre as novidades deste ano, além do Fintech Day, está o Seminário sobre pesquisas em Educação Financeira, como espaço para discussão mais aprofundada do tema, e a inclusão de um painel sobre Antropologia das Finanças na Conferência, que contará com a presença de autoridades mundiais em Antropologia do Dinheiro e das Finanças, como o Dr. Bill Maurer.

As palestras terão temas como “Nudges no Mercado Financeiro”, “Estimulando Famílias de Baixa Renda a Poupar Regularmente”, “Como a Publicidade Contribui para o Processo Decisório de Investimentos” e “Como os Reguladores de Valores Mobiliários dos Estados Unidos estão Direcionando os Investidores Vulneráveis”, entre vários outros.

O Dr. Werner DeBondt falará sobre a Psicologia da Regulação e um painel discutirá de que modo seria possível assegurar a adequação da recomendação de investimentos.

Será discutida a educação de investidores dos Estados Unidos, Canadá, Indonésia, Itália e Espanha, além de apresentado em mais detalhes – pela Drª Annamaria Lusardi – o resultado do estudo americano de capacidade financeira, já comentado aqui no blog.

Os eventos deste ano continuam gratuitos e acontecerão no Rio de Janeiro, no Windsor Atlântica Hotel, localizado na Avenida Atlântica, 1020, no bairro de Copacabana.

No entanto, a participação só estará garantida após a confirmação que enviaremos por e-mail, em data próxima à da realização dos eventos, uma vez que a quantidade de participantes está sujeita à lotação máxima do auditório.

Por isso, não perca tempo e faça logo sua inscrição!

Endividamento: há luz no fim do túnel?

De acordo com a última Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, realizada em maio deste ano, 58,7% dos consumidores entrevistados se consideram endividados; 23,7% declaram ter dívidas em atraso e 9% acham que não conseguirão pagar suas dívidas.

Nos países desenvolvidos, a história é a mesma. Uma recente série de artigos, denominada “United States of Debt” (Estados Unidos da Dívida), explora as razões para o endividamento entre os americanos, entrevistando diferentes tipos de endividados e de especialistas para entender o que é possível fazer a respeito.

Continue lendo

Behavioral Economics Guide 2015 Disponível para Download

Já está disponível para download gratuito a versão 2015 do Behavioral Economics Guide, que este ano tem sua introdução escrita por Dan Ariely, um dos expoentes das Finanças Comportamentais e autor de vários livros sobre o assunto.

Além da introdução, o guia é dividido em 3 partes: a editorial, a dedicada às fontes do conhecimento e a destinada à aplicação.

Continue lendo