Tag Archives: behavioural insights

Laboratório de Capacidades Financeiras – Parte I

 

No mês de Maio de 2018, foi publicado pelo Money Advice Service, em parceria com o Behavioural Insights Team (BIT) e o Instituto Ipsos MORI, o relatório “A behavioural approach to managing money: Ideas and results from the Financial Capability Lab [1]”.

O Financial Capability Lab faz parte de um projeto mais amplo, o Financial Capability Strategy, um plano de dez anos desenhado para incentivar uma mudança de hábito na forma como os britânicos gerenciam seu dinheiro.

O Laboratório é financiado pelo What Works Fund que visa desenvolver novas políticas baseadas na ciência comportamental, usando a expertise e o conhecimento da Equipe de Insights Comportamentais (BIT). Algumas ideias foram elaboradas para que se pudesse criar uma lista de projetos e testá-los em campo antes de escalar o seu alcance. Foram criadas mais de 240 novas ideias e o laboratório testou 17 delas. Esta semana, o blog abordará duas das ideias testadas no laboratório e seus resultados, relatando o restante do material em outras publicações.

Continue lendo

E-mails informativos são capazes de aumentar a contribuição previdenciária?

A Mathematica Policy Research, em abril de 2017, publicou o estudo denominado “Using Behavioral Insights to Increase Retirement Savings”[1], que estudou formas de aumentar o nível de poupança para aposentadoria dos funcionários do Departamento de Trabalho dos Estados Unidos (DOL) com o uso de “insights” comportamentais.

Dado que, pelo plano de aposentadoria Thrift Savings Plan – TSP, o governo americano deposita o mesmo valor da contribuição mensal do servidor (benefício também conhecido como “matching”) em sua conta de aposentadoria individual até o limite de 5% do salário, é de se esperar que ele aproveite plenamente esta vantagem. Entretanto, em 2015 mais de 25% dos funcionários públicos do DOL contribuíram abaixo desse limite, o que abriu espaço para uma intervenção comportamental. Logo, a pesquisa procura entender se e-mails informativos são capazes de influenciar as pessoas a pouparem mais. Continue lendo

Insights Comportamentais e Políticas Públicas

Na área financeira, os programas governamentais têm sido desenhados tradicionalmente com base em modelos econômicos que consideram os seres humanos como agentes racionais e os mercados como eficientes em relação à informação.

Resumidamente, isso significa acreditar que as pessoas procuram sempre maximizar valor em qualquer tomada de decisão e que, olhando apenas as informações publicamente disponíveis no momento do investimento, ninguém consegue alcançar retornos superiores à média do mercado de modo consistente.

No entanto, estudos sobre comportamento financeiro vêm relativizando a crença na racionalidade das decisões financeiras, além de apontar que os mercados podem não ser assim tão eficientes quanto se imagina.

Continue lendo

Nova Edição da Behavioural Exchange em 2015

A nova edição da Behavioural Exchange, que no ano passado foi realizada em Sidney (BX2014), acontecerá este ano em Londres, nos dias 2 e 3 de setembro. A BX2015, como é apelidada a conferência, contará com alguns dos maiores nomes da área, além de formuladores de políticas públicas e outros profissionais.

Continue lendo