Como nossas decisões financeiras podem ser impactadas pelo efeito priming

Um estudo feito por Cohn, Engelmann, Fehr e Maréchal (2015) teve por objetivo verificar a influência do efeito priming sobre a exposição ao risco de profissionais do mercado financeiro na hora de fazerem escolhas de investimentos.

Antes de falar sobre o experimento, é importante entendermos o que é efeito priming. Trata-se do “modo como um estímulo inicial pode afetar as respostas de um indivíduo a estímulos subsequentes, sem que exista consciência do mesmo sobre tal influência. ” (PACHECO JÚNIOR, DAMACENA, BRONZATTI, 2015).

Mais especificamente, o estímulo que os pesquisadores quiseram aferir foi a influência de um determinado cenário de mercado sobre o comportamento de investimento. Como a exposição prévia a um cenário de alta ou de baixa de ações, e os sentimentos despertados pela exposição a esse cenário, podem afetar a percepção de risco dos investidores e suas estratégias de investimento?

Continue lendo…

Crianças com pouco autocontrole serão adultos com problemas financeiros?

É amplamente aceito que nossa personalidade e comportamentos quando adultos são influenciados pela criação que recebemos e pela personalidade que desenvolvemos quando somos crianças. Partindo desse pressuposto, os pesquisadores Moffit et. al. (2010) se interessaram em entender como uma característica específica das crianças, o autocontrole, impacta seu comportamento quando adultos. Os pesquisadores queriam saber se, e de que forma, o autocontrole de crianças influenciaria os hábitos de saúde, os financeiros e a propensão a cometer crimes quando virassem adultas.

Continue lendo…

Dê sua opinião sobre o Penso, Logo Invisto!

O ano está chegando ao fim e a equipe do Penso, Logo Invisto! está planejando o ano de 2020.

Por isso, queremos saber como nossos leitores e leitoras, frequentes ou ocasionais, avaliam o blog. Queremos levar em consideração a opinião de vocês para readequar o que não vem agradando, manter o que vem dando certo e trazer novidades para ampliar o conhecimento da população em Finanças Comportamentais.

Em razão disso, convidamos a todos e todas a responderem uma pesquisa de opinião. Não leva mais de 5 minutos, e a participação dos leitores e leitoras do blog é fundamental para darmos os próximos passos do Penso, Logo Invisto! na direção do que o nosso público quer e espera.

Para participar da pesquisa, clique aqui.

Muito obrigado por ter nos acompanhado nesse ano, e esperamos continuar em diálogo no ano que vem.

Um bom final de ano e feliz 2020 a todos os leitores e leitoras do blog!