Como está a performance do investidor individual no mercado de ações brasileiro ?

Como está a performance média do investidor que opera diretamente no mercado de ações brasileiro ?  

Em novembro de 2018, a CVM realizou, na cidade de São Paulo, a IEC -Conferência de Ciências Comportamentais e Educação do Investidor. Este evento anual traz uma série de atividades e palestras sobre estudos comportamentais e educação financeira a fim de aprimorar as ações de proteção e orientação do investidor brasileiro e discutir novas formas de incentivar a formação de poupança no país.

Dentre as palestras, Bruno Giovannetti (EESP-FGV) apresentou o tema “The poor performance of individuals in the Brazilian stock marcket” – “A baixa performance dos indivíduos no mercado de ações brasileiro”.

A pesquisa analisou o comportamento dos investidores individuais, aquele que compra ações em pequenas e médias quantidades. A pesquisa foi dividida em dois blocos principais: buy-to-hold¹ e day-traders².

Continue lendo

A forma de apresentação da informação contábil pode auxiliar na tomada de decisão do investidor ?

Em novembro de 2018, a CVM realizou, na cidade de São Paulo, a IEC – Conferência de Ciências Comportamentais e Educação do Investidor. Este evento anual traz uma série de palestras sobre estudos comportamentais e educação financeira a fim de aprimorar as ações de proteção e orientação do investidor brasileiro e discutir novas formas de incentivar a formação de poupança no país.

Bianca Checon, Doutora em Ciências Contábeis, apresentou alguns dos principais resultados da sua excelente tese – “Atenção limitada, o uso da informação contábil e seus impactos na tomada de decisão de investimento individual” (título em português). Continue lendo

Como uma cidade na Inglaterra fez com que moradores inadimplentes pagassem os tributos atrasados

Em abril de 2018, os autores Chris Larkin, Michael Sanders, Isabelle Andresen e Felicity Algate lançaram o artigo Testing Local Descriptive Norms and Salience of Enforcement Action: A Field Experiment to Increase Tax Collection¹. O trabalho trata de um experimento de campo realizado com a o auxílio da administração pública local do sudeste da Inglaterra. O objetivo do projeto era testar se é possível incentivar um aumento na taxa de pagamento a um tributo local, denominado “Council Tax²”, por meio de duas intervenções comportamentais realizadas via cartas-lembrete.

Continue lendo

Usando insights comportamentais para aprimorar o prospecto de ofertas públicas

 

Inovações, tendências e sustentabilidade na regulação do mercado de capitais serão os temas do seminário promovido pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no dia 7 de dezembro.

O evento contará com um painel sobre a aplicação de insights comportamentais na regulação do mercado de capitais. Neste, haverá apresentação da pesquisa do CFA Institute (link para site externo) sobre novo modelo de resumo de prospecto incorporando insights das áreas de economia comportamental e finanças comportamentais, com destaque para a questão do enquadramento no design da informação. Em seguida ocorrerá um debate acerca de insights científicos sobre como pessoas compreendem informações e tomam decisões, em particular, considerando:

  • a padronização para melhorar a comparabilidade;
  • o aumento do uso de imagens para melhorar a compreensão;
  • ênfase na saliência; e
  • design que promova a compreensão em monitores e dispositivos móveis.

Além disso, serão realizados outros painéis de debates, que envolverão temas de importância dos mercados de capitais:

  • Inovações financeiras e Regulação
  • Avaliação de impacto das políticas públicas
  • Investimento de impacto
  • Infraestrutura: uma alavanca para o desenvolvimento sustentável
  • Formulário de Referência, metas de desenvolvimento sustentável (SDGs) e iniciativa de relatório global

Durante o evento, também será celebrado o aniversário da Autarquia, que completará 42 anos.

 Como participar

Inscreva-se, gratuitamente, pelo formulário online (link para site externo).

Serviço

2º Seminário Brasileiro de Sustentabilidade e Investimento
Data: 7/12/2018
Hora: 8h30 às 18h
Local: a ser confirmado
Inscrições: formulário online (gratuito) – link para site externo

 

CVM realiza 6ª Conferência de Ciências Comportamentais e Educação do Investidor

Também será promovido 3º Seminário Regional sobre Novas Tendências em Educação Financeira

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM), em parceria com a B3 (Brasil, Bolsa, Balcão) e a Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais), promoverá o 3º Seminário Regional sobre Novas Tendências em Educação Financeira e a 6ª Conferência de Ciências Comportamentais e Educação do Investidor.

O Seminário será realizado nos dias 12 e 13/11 e contará com a participação de membros e especialistas da Rede Internacional de Educação Financeira da OECD (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), que apoia a organização do evento, além da presença de representantes de ministérios da fazenda e educação, bancos centrais, autoridades de regulação, funcionários de governo, comunidade acadêmica, entre outros.

Continue lendo

World Investor Week terá segunda edição em outubro

CVM é coordenadora nacional e preside Comitê responsável pela campanha

Entre 1 e 7/10/2018, será realizada a segunda edição da Semana Mundial do Investidor (WIW – World Investor Week), projeto da Organização Internacional das Comissões de Valores (IOSCO).

A Semana faz parte da agenda de projetos coordenado pelo Comitê 8 da IOSCO (Retail Investors – Investidores de Varejo), atualmente presidido pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), com o objetivo de promover a consciência sobre a importância da educação financeira e da proteção ao investidor, disseminando mensagens de orientação e proporcionando novas oportunidades educacionais em todo o globo.

Continue lendo

O papel do autocontrole nas decisões econômicas das crianças

As crianças podem adquirir comportamentos econômicos e hábitos a partir da observação de outras pessoas ou a partir de suas próprias experiências. Buscando mostrar como o aumento do nível de autocontrole ou a indução de orientação de autorregulação podem afetar as decisões econômicas das crianças, as autoras Agata Trzcińska, Katarzyna Sekścińska e Dominika Maison publicaram, no inicio de agosto, o artigo The role of self-control and regulatory foci in money-saving behaviours among children¹. Elas estavam interessadas em saber ​​se a ativação mental de autocontrole não relacionado ao comportamento financeiro é suficiente para influenciar não só as decisões financeiras hipotéticas, mas também comportamentos econômicos.

Continue lendo